top of page
  • Foto do escritorcontato418428

Amamentação: descubra todos os benefícios para a mãe e para o bebê


Existe algo capaz de aumentar a nossa inteligência, situação financeira e prevenir doenças como a obesidade, pelo resto da vida? Os estudos dizem que SIM e demonstraram que o tempo e a maneira como fomos amamentados é capaz de influenciar para sempre, a nossa saúde.


Não existe NENHUM alimento tão nutritivo quanto o leite materno para bebês. Nele, o bebê encontra tudo que precisa para crescer, se desenvolver e se proteger contra doenças. Inclusive, até o sexto mês de vida, nenhuma outra bebida é necessária, incluindo chás, sucos e água.


A primeira hora de nascimento de uma criança é chamada de golden hour (hora de ouro) e é um período de grande importância para a saúde futura dessa criança.


O aleitamento durante a golden hour é importante não só para o bebê, mas também para a mãe. Além de diminuir o risco de hemorragia na mulher, pois auxilia nas contrações uterinas, os hormônios liberados fortalecem a conexão entre mãe e filho. Tenho certeza que já deve ter ouvido falar sobre a ocitocina, não é mesmo?



Se você é mãe ou conviveu com alguma, sabe que nos primeiros dias após o parto, a mulher produz um leite “diferente”. Esse leite que é mais amarelado e mais grosso (colostro), é assim porque é ideal para recém nascidos, já que é extremamente rico em gordura, muito nutritivo e protege contra infecções.


Mas os benefícios do leite materno não param por aí, quer conhecer mais alguns? Continue por aqui.


O leite materno protege a saúde da mulher após o parto e anos depois

Como dito anteriormente, o aleitamento logo após parto faz com que o útero volte mais rápido ao seu tamanho original, prevenindo a hemorragia e diminuindo o risco de anemia. Mas não é só isso, a amamentação também diminui o risco de câncer de mama, ovários e endométrio para toda a vida da mulher.


Outros benefícios, incluem:

  • Reduz o risco de osteoporose;

  • Acelera o processo de emagrecimento;

  • Protege contra doenças cardiovasculares; e

  • Diminui o sangramento no pós-parto.


O leite materno garante a saúde do bebê

Você sabia que é possível reduzir a mortalidade neonatal, aquela que ocorre até o 28 º dia de nascimento, através do aleitamento? Sim, isso é verdade. Quando foi comparado um grupo de bebês amamentados exclusivamente com leite materno e aqueles que também ingeriam outro tipo de alimento, os primeiros ficavam menos doentes e eram mais nutridos.


Outros benefícios para os pequenos, incluem:

  • Melhora da digestão e redução das cólicas;

  • Reduz o risco de alergias;

  • Quanto maior o tempo de amamentação, maior o desenvolvimento da inteligência;

  • Fortalece a arcada dentária; e

  • Prevenção de doenças.


O leite materno é a primeira “vacina” do bebê

Antes de se vacinar, o bebê já recebe muitos anticorpos que são passados pela mãe, através do leite. Dessa forma, ele se protege de muitas doenças que ainda não pode receber imunização pela vacinação.


A amamentação não precisa ser um período difícil

Mesmo sabendo que quanto mais prolongado for o período de amamentação, melhor para a mãe e para o bebê, muitas mulheres encontram dificuldades durante esse período. Pensando nisso, a Vacinar criou o SOS Mamãe, um programa que apoia as novas mamães e incentiva o aleitamento.


O programa conta com consultora de amamentação no pós parto, avaliação das mamas, avaliação do bebê, aluguel de ordenhadeira (bombinha de tirar leite) e, quando necessário, a laserterapia. A laserterapia pode ser utilizada para auxiliar no processo de cicatrização de lesões nos mamilos, e consequente alívio das dores.


Amamentar é para ser um momento único e prazeroso, se você está tendo dificuldades, entre em contato com a equipe da Vacinar. Estamos de braços abertos para te acolher e sempre dispostos a ajudar!

24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page