top of page
  • Foto do escritorcontato418428

Vacina contra a pneumonia: Por que devemos vacinar nossos idosos?




Sempre estamos falando da importância em deixar nossas carteiras de vacinação em dia, mas muita gente ainda acha que isso é apenas “coisa de criança”. Mas não é bem assim! Tanto adultos como idosos têm um calendário a seguir recomendado pela Sociedade Brasileira de Imunizações, e uma das vacinas mais importantes da terceira idade é a vacina contra a pneumonia.

POR QUE DEVEMOS VACINAR OS IDOSOS CONTRA PNEUMONIA?

Pode parecer uma pergunta sem muito sentido, mas, para se ter noção, de acordo com dados do Ministério da Saúde, entre 2015 e 2017, oito em cada dez mortes por pneumonia no Brasil foram de idosos, correspondendo a mais de 80% das mortes pela doença. Nesse período, foram registrados cerca de 200 mil óbitos por causa da doença, uma média de 66,5 mil casos por ano, ou sete por hora. Então, não, não é brincadeira, idosos não podem deixar a vacina contra pneumonia de lado.


Os idosos são mais susceptíveis a esse tipo de infecção, principalmente por causa da falha natural do sistema imunológico do idoso. Dessa forma, como normalmente a pneumonia é uma doença causada por agentes infecciosos, aqueles que têm a imunidade fragilizada são mais suscetíveis a contraí-la. Também fazem parte desse grupo as crianças, que ainda não têm as defesas do organismo completas, e pessoas com doenças crônicas ou autoimunes.


Além disso, idosos também estão mais propensos ao desenvolvimento de um outro tipo de pneumonia: a aspirativa. Nesse caso, o processo infeccioso nos pulmões decorre da deglutição inadequada, com restos de alimentos indo parar no local errado. Outro perigo da pneumonia na terceira idade é o fato da infecção poder se espalhar pelo organismo se não houver o tratamento correto, causando um quadro de septicemia, ou infecção generalizada.

MAS, CALMA, O QUE É PNEUMONIA?

Ela é, na verdade, uma infecção que ocorre nos pulmões e atinge os ALVÉOLOS PULMONARES., que são as menores estruturas do órgão, e se localizam na parte terminal dos bronquíolos onde acontece a troca gasosa, ou seja, troca entre o oxigênio (que respiramos) e o gás carbônico (que eliminamos) – basicamente.


Normalmente é provocada pela entrada de um agente infeccioso (microrganismos) ou irritante (sim, também pode ser causada por reações alérgicas) no espaço alveolar. Como este é um espaço destinado apenas para trocas de gases, deve estar sempre “limpo”, sem a presença de outras substâncias que impeçam o contato do ar com o sangue, para que a permuta entre os gases ocorra sem complicações. Assim, a presença de algo estranho nesta região desencadeia o processo infeccioso e/ou inflamatório.

QUAIS OS SINTOMAS QUE DEVEMOS FICAR ATENTOS?

O sintoma clássico é a dificuldade de respiração e febre alta (acima de 37,5° C), mas devemos ficar atentos também à:


•    Tosse seca ou com catarro de cor amarelada ou esverdeada;

•    Dor no tórax;

•    Falta de ar e dificuldade de respirar.


QUAL VACINA TOMAR?

A vacina contra a pneumonia faz parte do calendário vacinal dos idosos, e aqui na Vacinar você encontra a PREVENAR 13, também chamada de VPC13 (vacina pneumocócica conjugada 13) que é dada em dose única. Essa vacina confere imunização contra os 13 subtipos mais comuns da bactéria pneumococo no mundo (1, 3, 4, 5, 6A, 6B, 7F, 9V, 14, 18C, 19A, 19F e 23F). Segundo a Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), gera uma proteção de 90% contra todas as doenças graves decorrentes do pneumococo, incluindo pneumonia e meningite.


Além dessa, temos também a Pneumo 23, a vacina pneumocócica polissacarídica 23 (VPP23), que confere proteção contra 23 tipos de pneumococos, mas deve ser aplicada em mais de uma dose. A Pneumo 23 pode ser administrada em associação com a VPC13. De acordo com as recomendações do SBIm, idealmente, deve-se iniciar o esquema com a aplicação de VPC13 e aplicar uma dose da VPP23 seis a 12 meses depois da dose da vacina conjugada, e outra cinco anos após a primeira dose de VPP23.

-

Ficou com alguma dúvida sobre VACINAÇÃO? Não espere mais, entre em contato com a gente!

-

VACINAR | Prevenção é proteção

-

Fontes: Sociedade Brasileira de Imunizações, SBIm, “Vacina pneumocócica polissacarídica 23-valente – VPP23”. Disponível em:

https://familia.sbim.org.br/vacinas/vacinas-disponiveis/vacina-pneumococica-polissacaridica-23-valente-vpp23


Sociedade Brasileira de Imunizações, SBIm, “Vacinas pneumocócicas conjugadas”. Disponível em:

https://familia.sbim.org.br/vacinas/vacinas-disponiveis/vacinas-pneumococicas-conjugadas

5.551 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page