top of page
  • Foto do escritorcontato418428

Os idosos respondem tão bem quanto os mais jovens às VACINAS?



Para começar, precisamos recuperar, resumidamente, a lógica de funcionamento de uma vacina: um agente infeccioso morto ou enfraquecido é introduzido no nosso organismo (depois de anos de validação científica), para que as células de defesa o reconheçam e criem mecanismos de proteção. Em alguns casos, criamos imunidade, em outros, ensinamos como o corpo deve fazer em uma infecção no futuro, reduzindo os riscos de complicação.


Precisamos introduzir, agora, um outro conceito: a imunosenescência, que nada mais é do que um conjunto de alterações no sistema imunológico causadas pelo envelhecimento.


Pronto, talvez você já tenha ligado os pontos e guiado o seu pensamento até uma possível resposta à pergunta do título.


Pois é, os idosos, infelizmente, não respondem às vacinas da mesma forma que os jovens.


De acordo com um estudo francês, a imunosenescência costuma surgir entre os 60 e 65 anos, e se agrava após os 85. Ela altera a intensidade da resposta à vacinação, desde os primeiros estímulos à identificação dos agentes e formação de defesa até a memória imunológica.


Vale a pena ressaltar que isso varia conforme a idade e o tipo de vacina. Para exemplificar, esse mesmo estudo aponta que a de gripe passa a ter uma eficácia de, aproximadamente, 50% para os sintomas e 40% para as mortes por complicação. Os cientistas acreditam que novas pesquisas podem abrir portas para a descoberta de mecanismos que melhorem essa resposta imunológica dos mais velhos.


Mas, importante! Isso não significa, em hipótese alguma, que os idosos devam abandonar o cumprimento do calendário vacinal, ok? Todas as doses recomendadas para a terceira idade têm papel fundamental na saúde e aumento da expectativa de vida dessas pessoas. Atualmente, são indicadas a de influenza, pneumocócicas VPC13 e VPP23, herpes zoster, tríplice bacteriana, hepatites A e B, febre amarela, meningocócica C ou ACWY e tríplice viral.


Caso tenha alguma dúvida, você pode consultar todas as informações sobre elas clicando aqui ou acessando a aba Calendário no topo do nosso site.


Vacinar faz bem, e o nosso time está aqui pra te ajudar!



Fontes:

Autran B. Altération des réponses vaccinales avec l’âge [Alterations in responses to vaccines in older people]. Rev Mal Respir. 2019;36(9):1047-1056. doi:10.1016/j.rmr.2019.07.008

47 visualizações0 comentário

Комментарии


bottom of page