top of page
  • Foto do escritorcontato418428

Vacina contra varicela protege as crianças contra CATAPORA E HERPES-ZÓSTER, mostram cientistas




De acordo com uma pesquisa financiada pelo CDC (do inglês, Centros de Controle e Prevenção de Doenças), cientistas comprovaram que crianças que tomaram a vacina contra varicela também são protegidas contra uma outra doença, a Herpes-zóster (HZ).


O QUE É HERPES-ZÓSTER?


A herpes-zóster, também chamada popularmente de “cobreiro”, é uma infecção causada pelo vírus Varicella-zoster (VZV), o mesmo que dá origem à varicela (ou catapora) na infância. Essa condição geralmente acontece em pessoas mais velhas, onde ocorre uma espécie de reativação do vírus da catapora no organismo.


É comum ter a infecção primária na infância, o que deixa o indivíduo imunizado contra o VZV. No entanto, após a infecção controlada pelo sistema imune, o vírus fica “adormecido” em algumas células do corpo e, anos mais tarde, quando, por algum motivo, a imunidade abaixa, ele pode ser reativado gerando consequências muito mais graves.


O sintoma clássico da HZ é o aparecimento de bolhas e erupções cutâneas em uma faixa, normalmente na região da lombar (nas costas) ou na região dos glúteos até a coxa, nunca ultrapassando a linha média do corpo. Com menor incidência, o vírus também pode afetar nervos do crânio, causando erupções no rosto, e quando ocorre perto dos olhos pode ter prejuízos sérios e irreversíveis na visão.


Essas bolhas e erupções acontecem nessas faixas pelo fato dessa ser a região muscular do nervo que servia de “abrigo” para o vírus latente. Só que, antes de aparecerem as erupções, os pacientes podem sofrer com dores nevrálgicas (na região do nervo afetado) intensas, seguidas de febre e mal-estar.


QUAL A FAIXA ETÁRIA QUE MAIS SOFRE COM A DOENÇA?

A herpes-zóster pode acontecer em qualquer idade, desde que a pessoa tenha contato com o VZV e, por uma série de motivos, apresente um ambiente favorável para a infecção viral. Assim, qualquer pessoa com infecções severas de qualquer origem, câncer, trauma local, cirurgias da coluna, sinusite frontal, doenças autoimunes e doenças crônicas podem ser alvo da doença. É mais incomum, mas crianças saudáveis também podem apresentar HZ, e normalmente isso decorre do contato com alguém que esteja infectado.


AS CRIANÇAS QUE TOMAM VACINA DE VARICELA ESTÃO PROTEGIDAS?


Sim! Esse estudo dirigido pelo Centro Kaiser Permanente de Pesquisa em Saúde, na Califórnia, EUA, financiado pelo CDC, constatou que as crianças que tomaram a vacina contra varicela estão mais protegidas contra herpes-zóster. O estudo analisou mais 6,3 milhões de crianças entre 2003 e 2014, em que em torno de 50% tomaram a vacina seguindo o calendário proposto.


Durante o período de 12 anos do estudo, a taxa de HZ pediátrico diminuiu 72% no geral, conforme o aumento do número de crianças vacinadas. O número de infecções entre as crianças vacinadas foi 78% menor do que as não vacinadas. Este estudo não só confirmou a eficácia da vacina contra varicela nas crianças, como também mostrou a sua capacidade de protegê-las da herpes-zóster, destacando benefícios duplos da vacina.


Gostou deste conteúdo? Ainda tem alguma dúvida sobre CATAPORA e HERPES-ZÓSTER? Conte com a a nossa equipe para respondê-las, entre em contato!


Vacinar Faz Bem| Especialistas em Imunização para todas as idades.


Fonte:

Kaiser Permanente, ScienceDaily, "Chickenpox vaccination lowers risk of pediatric shingles." Disponível em: www.sciencedaily.com/releases/2019/06/190610090105.htm

Sociedade Brasileira de Imunizações, SBIm, “Vacina tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola) – SCR”. Disponível em: https://familia.sbim.org.br/vacinas/vacinas-disponiveis/vacina-triplice-viral-sarampo-caxumba-e-rubeola-scr

6 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page