top of page
  • Foto do escritorcontato418428

Pneumonia Pneumocócica: Saiba mais e proteja-se!



A pneumonia pneumocócica, uma infecção grave dos pulmões causada pela bactéria Streptococcus pneumoniae, merece atenção especial, especialmente durante os meses mais frios do ano. Originária das vias respiratórias, essa bactéria pode se tornar patogênica, levando não apenas à pneumonia, mas também a complicações como meningite, otite média e sinusite.


De acordo com estudo publicado pelo Jornal Brasileiro de Pneumologia, a taxa média de mortalidade intra-hospitalar foi de 18% para adultos com idade < 65 anos e 23% para os idosos (≥ 65 anos).


Além da pneumonia, a infecção por esta bactéria pode desencadear uma vasta gama de doenças potencialmente graves, como meningite e otite, sinusite, septicemia (infecção do sangue), artrite infecciosa e osteomielite (infecção dos ossos) são outras doenças pneumocócicas causadas pela mesma bactéria.


Se não forem diagnosticadas precocemente nem tratadas corretamente, as doenças pneumocócicas podem levar à morte. Segundo a Organização Mundial da Saúde, 1,6 milhão de pessoas morrem por ano por causa das doenças pneumocócicas.


Causas e Sintomas


Além do pneumococo, a pneumonia pode ser desencadeada por vírus, fungos ou substâncias químicas, sendo uma das principais causas de morte por doenças infecciosas no mundo. Os sintomas incluem febre, calafrios, falta de ar, dor no peito e tosse, que pode variar de expectoração de catarro a tosse seca.


Grupos de Risco


Pessoas com sistema imunológico comprometido, idosos, fumantes, alcoólatras, diabéticos e indivíduos com doenças pulmonares têm maior predisposição a desenvolver a forma patogênica da doença. A falta de imunização também aumenta o risco, destacando a importância da vacinação preventiva.


Prevenção através da Vacinação


Atualmente existem 4 vacinas dedicadas à prevenção das doenças pneumocócicas, entre elas a pneumonia pneumocócica


💉VCP 10 - Previne 70% das doenças pneumocócicas graves (rede pública).

💉VCP 13 - Previne 90% das doenças pneumocócicas graves (rede privada).

💉VCP 15 - Previne 91% das doenças pneumocócicas graves (rede privada).

💉VPP 23 - Recomenda-se a combinação da VPP23. Idealmente, deve-se iniciar o esquema com a aplicação de vacina pneumocócica conjugada - VPC10, VPC13 ou

Recentemente foi registrada no Brasil a Prevenar® 20 que em breve estará disponível nas clínicas privadas.


A nova vacina amplia a proteção e é indicada para a prevenção da doença pneumocócica (incluindo pneumonia e doença invasiva) causada por Streptococcus pneumoniae dos sorotipos 1, 3, 4, 5, 6A, 6B, 7F, 8, 9V, 10A, 11A, 12F, 14, 15B, 18C, 19A, 19F, 22F, 23F e 33F em adultos com 18 anos de idade ou mais.


Introduzida pelo Ministério da Saúde em 2010, a vacinação de rotina tem demonstrado significativa redução na incidência e mortalidade por doença pneumocócica.


Diagnóstico e Tratamento


O diagnóstico precoce é fundamental para o tratamento eficaz. Exames clínicos, incluindo ausculta pulmonar e radiografia de tórax, são essenciais para confirmar a presença da doença. Antibióticos são frequentemente prescritos, embora seja importante notar que certas cepas de Streptococcus pneumoniae podem apresentar resistência a antibióticos comuns.


Prevenção Contínua


Além da vacinação, medidas simples como lavar as mãos regularmente, evitar o tabagismo e manter ambientes bem ventilados são importantes para reduzir o risco de infecção. A conscientização sobre os sintomas e a busca por cuidados médicos imediatos são passos cruciais na proteção contra a pneumonia pneumocócica.


Proteja-se e proteja sua família. Consulte sempre um profissional de saúde para orientações personalizadas e garanta a saúde respiratória durante todo o ano.


Aqui na Vacinar Faz Bem, estamos comprometidos com a sua saúde e bem-estar.


Fontes: Ministério da Saúde. Fiocruz. MSD. Pfizer. Jornal Brasileiro de Pneumologia. disponível em: <https://doi.org/10.1590/1806-3713/e20180374>

8 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page