top of page
  • Foto do escritorcontato418428

Herpes Zóster: Sintomas, Diagnóstico, Tratamentos e Prevenção.




A manifestação do Herpes Zóster pode causar erupções cutâneas extremamente dolorosas causada pela reativação do vírus varicela zóster, o mesmo vírus que causa a catapora. A reativação do vírus ocorre geralmente por motivos desconhecidos, embora menos comum em crianças, o herpes zóster pode se desenvolver em qualquer idade, sendo mais frequente após os 50 anos.


A reativação do vírus é muitas vezes desencadeada por um sistema imunológico enfraquecido, seja pela idade ou por doenças subjacentes, como a AIDS, ou, ainda, pelo uso de medicamentos imunossupressores.


Os sintomas do herpes zóster incluem dor, formigamento ou coceira na área afetada, seguidos por bolhas pequenas cheias de líquido. As bolhas são contagiosas e podem levar ao desenvolvimento de catapora em pessoas suscetíveis. As complicações incluem infecções bacterianas e, em casos graves, danos aos olhos ou ouvidos.


O diagnóstico é clínico, feito quando bolhas típicas aparecem em uma faixa da pele.


O tratamento inclui medicamentos antivirais e analgésicos para aliviar os sintomas. A vacinação é uma medida preventiva eficaz, reduzindo significativamente o risco de contrair herpes zóster e neuralgia pós-herpética.


Consulte um médico imediatamente ao suspeitar de herpes zóster, pois o tratamento precoce é essencial para reduzir a gravidade e a duração da doença. Evite coçar as bolhas para prevenir infecções bacterianas e siga as orientações do seu médico para um tratamento adequado e eficaz.


A vacina é uma ferramenta eficaz na prevenção do herpes zóster e suas complicações. A vacinação contra catapora e herpes zóster é recomendada para prevenir o desenvolvimento da doença, especialmente em pessoas com mais de 50 anos.


Existem duas vacinas disponíveis: a vacina recombinante e a vacina de vírus vivo atenuado.


  • Vacina Recombinante: Esta vacina contém fragmentos de vírus geneticamente modificados e é administrada em duas doses injetadas no músculo. As doses são administradas com um intervalo de dois a seis meses. A vacina recombinante é preferida e recomendada para pessoas saudáveis com mais de 50 anos, independentemente de terem tido catapora ou herpes zóster anteriormente. Esta vacina demonstrou reduzir significativamente a incidência de herpes zóster e neuralgia pós-herpética.

  • Vacina de Vírus Vivo Atenuado: Esta vacina contém uma forma enfraquecida do vírus varicela zóster e foi anteriormente utilizada para prevenir a catapora em crianças. Embora não esteja mais disponível nos Estados Unidos para prevenir a catapora, ainda é utilizada em muitos outros países para prevenir o herpes zóster. No entanto, a vacina recombinante é preferida devido à sua segurança e eficácia comprovadas.


É importante consultar um médico para determinar qual vacina é mais adequada para você, especialmente se você tiver mais de 50 anos e não se recordar de ter tido catapora ou herpes zóster anteriormente.


Em nome da Vacinar Faz Bem, incentivamos todos a considerarem a vacinação contra o herpes zóster como parte de sua rotina de cuidados com a saúde. Nossa clínica oferece a vacina contra o herpes zóster, proporcionando uma camada adicional de proteção contra essa condição debilitante.


Entre em contato conosco para agendar sua vacinação e garantir sua saúde e bem-estar a longo prazo.


Lembre-se, a prevenção é fundamental e estamos aqui para ajudá-lo em cada etapa do caminho. 


16 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page