top of page
  • Foto do escritorcontato418428

Estou grávida, é seguro me vacinar? #COVID-19



Existem muitas dúvidas a respeito desse assunto, o que pode abrir brechas para fake news e informações equivocadas. A suspensão da imunização com a vacina AstraZeneca em gestantes pode ter te deixado confusa, mas fique tranquila! Isso não quer dizer que a vacinação não é segura.


Foi comprovado que as grávidas têm maior chance de desenvolver sintomas graves da COVID-19 e consequentemente sofrer complicações gestacionais, o que determina que esse é um grupo de risco. Por esse motivo a vacinação com a Coronavac e Pfizer ainda é indicada, especialmente para as grávidas que têm comorbidades.


Grávidas são consideradas grupo de risco, independente da idade?


Sim. As grávidas infectadas com o coronavírus têm maior chance de sofrer com infecções, pré-eclâmpsia e internações em unidades de terapia intensiva. Os bebês de gestantes contaminadas também têm maior chance de nascer prematuros e com baixo peso.


A partir do terceiro trimestre, é preciso tomar ainda mais cuidado. Muitas mudanças ocorrem no corpo das mamães na gravidez. O aumento do útero leva a diminuição da caixa torácica, o que reduz a capacidade respiratória naturalmente. Dois meses após darem à luz, o corpo das mães ainda está sob o efeito de mudanças, portanto as puérperas também são um grupo de risco.

A vacinação em grávidas e puérperas é segura?


Sim. Além disso, infecção com o coronavírus pode trazer complicações muito maiores do que os possíveis efeitos da vacina.


A Coronavac é produzida a partir do vírus inativado. Vacinas desenvolvidas com essa técnica não são contraindicadas para as mamães, e sua administração nesse grupo é comum. Um exemplo é a vacina da gripe.


Foi comprovado que a Pfizer é capaz de induzir a produção de anticorpos, e que eles conseguem atravessar a placenta e garantir a imunidade dos bebês. Segundo a FDA - Food and Drug Administration - a Coronavac e a Pfizer têm o padrão B na categoria de vacinas indicadas para gestantes, o que é considerado aceitável.


Já a AstraZeneca tem o padrão C, imprópria para gestantes. Recentemente, essa vacina foi suspensa para gestantes no Brasil, após uma grávida ir a óbito alguns dias após tomar a AstraZeneca. A medida é cautelar, visto que ainda não foi comprovado que a morte foi realmente causada pela vacina.



Estou grávida e já me vacinei com a AstraZeneca. Devo me preocupar?


Não! Os efeitos adversos graves são raríssimos, e qualquer tipo de sintoma deve acontecer poucos dias após a vacinação. Caso você tenha se vacinado apenas com a primeira dose da AstraZeneca, a segunda dose com outras vacinas está liberada.


Aqui no Brasil, todas as mamães podem se vacinar?


Não. Por enquanto, apenas gestantes e puérperas que tenham comorbidades, que se encaixem em outros grupos de risco podem se vacinar ou que façam parte do grupo da campanha na cidade onde reside.


Proteja-se! Proteja o seu bebê!


♡ Vacinar faz bem!


23 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page